Blog

Inovacred ou BNDES MPME: Qual é a melhor opção? (parte 2)
Financiamento
Homem olhando para duas setas, indica as duas opções entre Inovacred e MPME

 

Este post é a segunda parte da avaliação entre o Inovacred e o MPME, de modo a mostrar para você as vantagens e desvantagens de cada um dos programas, o que lhe ajudará a decidir qual dos dois é o melhor para suas necessidades. Se você não leu o primeiro post, recomendamos analisá-lo para verificar a elegibilidade para a sua empresa. 

 

A decisão de qual o programa é o mais indicado para você passa por uma análise que consiste em três etapas:

 

1 – Sua empresa se qualifica como inovadora para o BNDES MPME?

 

O foco do BNDES é fomentar o crescimento das empresas nacionais. Isto implica que ao pensar na linha do MPME, o banco focou na empresa e não no projeto que ela vai desenvolver. Isto significa que basta a empresa atender alguns dos critérios de “empresa inovadora” estabelecidos pelo BNDES para que ela esteja qualificada a pegar o crédito desta linha. Entretanto, de modo contrário, se a empresa não atender estes critérios, a melhor (ou única opção) passa a ser o Inovacred, ou então outras linhas para inovação do seu banco regional. Veja aqui os critérios de elegibilidade do BNDES MPME e se sua empresa se encaixa em algum deles antes de continuar acompanhando nossa análise.

 

2 – Sua empresa se qualifica como inovadora para o Inovacred?

 

A segunda etapa da análise é verificar se a sua empresa atende os critérios do Inovacred para a tomada de decisão. Caso ela não atenda estes critérios, de modo análogo à etapa 1, a única opção passa a ser o BNDES MPME, ou novamente outras linhas de inovação do seu banco regional. Então vamos lá aos critérios.

Neste caso, é importante lembrar que o Inovacred é um repasse de bancos regionais de recursos da FINEP. Uma vez que a FINEP tem como objetivo financiar projetos de pesquisa, desenvolvimento e inovação, ao contrário do BNDES, o foco da análise do Inovacred irá ser no projeto e não na empresa, pois ela é obrigada por lei a financiar somente P,D&I. Isso é bom ou ruim? Como tudo na vida, tem os dois lados.

A vantagem é que mesmo que a empresa não seja inovadora anteriormente (ou seja, não atenda os critérios do MPME), se o projeto for inovador só isso já é o suficiente para que a empresa se enquadre no critério do Inovacred. A desvantagem é que mesmo que a empresa seja inovadora, se o projeto não for inovador o suficiente, o seu banco estadual não irá aprovar o projeto. E o pior é que você só vai descobrir isso depois que tiver elaborado e enviado toda a documentação. Deste modo, a dica é prestar bastante atenção nesta etapa do projeto. Ou seja, é importante avaliar se o projeto tem o grau de inovação o suficiente para que ele seja aprovado pela FINEP, sob o risco de ter tido trabalho à toa.

 

Como saber se o meu projeto é inovador o suficiente para atender os critérios da FINEP?

 

Boa pergunta. Infelizmente, não existe critérios objetivos (uma escala Richter) de grau de inovação. Esta análise é muito subjetiva. O governo brasileiro até adota alguns manuais de definição de inovação e P&D, elaborados pela OCDE, como os manual de Frascati (fala sobre P&D) e o Manual de Oslo (fala sobre tipos de inovação), feitos para ajudar todo mundo a definir o que é inovação ou não e o grau de inovação de um projeto. Se você realmente quiser se aprofundar academicamente neste assunto, até recomendamos a leitura destes manuais. Como somos caras legais, mastigamos um pouco toda essa teoria e elaboramos um mini guia para te ajudar a avaliar o quão inovador é o seu projeto aos olhos da FINEP. 

Entretanto, como o fato de que definir o que é inovação é subjetivo,  a teoria vai te dar apenas um balizador, e não vai resolver o seu problema prático – definir com segurança se o projeto é inovador suficiente para o Inovacred. Nós da idr já lemos e relemos estes manuais várias vezes, e mesmo assim às vezes encontramos dificuldades para definir o grau de inovação de um projeto ou outro. O que vale aqui é o nosso feeling de anos e anos de experiência escrevendo sobre projetos inovadores e entendendo o que os órgãos do governo aprovam ou não aprovam. Ou seja, no fundo é a prática sobre a teoria.

Deste modo, sem puxar a sardinha para o nosso lado mas puxando, o que recomendamos mesmo é contatar consultorias especializadas como a idr para ajudar a avaliar o seu projeto. Como somos gente boa, podemos até te dar um feedback simples e gratuito se vale a pena seguir em frente ou não. Em todo caso, fica a dica de leitura do nosso guia para lhe ajudar a tomar a decisão por você mesmo.

Lembrando novamente que, se você atende os critérios do MPME, mas o projeto não é tão inovador assim, melhor é optar pelo programa do BNDES.

 

 Eu atendo os critérios dos dois programas. E agora?

 

Se você atende os critérios para captar qualquer uma das duas linhas, iremos aprofundar os detalhes da decisão ainda neste próximo post (em breve), feito especialmente para empresas inovadoras como a sua.

 

Caso você não atenda as condições para pegar o Inovacred ou o MPME, saiba que há outras opções de financiamento também muito boas para sua empresa. Que tal mandar um whastapp (011 94700-0004) para a gente para saber mais?

 

A idr consultoria tem vasta experiência em auxiliar empresas que desenvolvem tecnologia a conseguir diversos tipos de incentivos do governo, seja na forma de empréstimos com juros reduzidos, programas de fundo perdido,ou mesmo incentivos fiscais como Lei do Bem, Lei de informática, entre outros. Economize tempo e dinheiro contatando-nos!

Veja também

Dinheiro em forma de crédito e financiamento para empresas
Financiamento

Você já sabe quanto precisa, e o que fazer com o capital. A única peça que está faltando nesse quebra-cabeça é operacionalizar o processo de obtenção de um financiamento, ou seja, o que é preciso fazer até que o dinheiro caia efetivamente na conta.

Desenvolve SP

A agência de desenvolvimento do Estado de São Paulo, a Desenvolve SP é uma das opções mais importantes para médias e pequenas empresas que querem sair do lugar e se alavancar com um financiamento, seja para adquirir máquinas e equipamentos, construir uma nova linha de produção, ampliar o comercial, ou mesmo contratar pessoas para melhorar o produto e/ou serviço,  ou outras iniciativas...

Símbolo do juros baixos (porcentagem)
Desenvolve SP

Conheça a melhor linha de incentivo à inovação que existe no mercado: condições, juros, prasos, além de dicas de como conseguir o dinheiro! Saiba Mais!

Fale com um consultor
Deixe seu telefone e ligaremos em breve